sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Japoneses criaram picolé que não derrete


O Centro de Pesquisa de Desenvolvimento de Bioterapia em Kanazawa, no Japão, desenvolveu, sem querer, um sorvete que não derrete. O produto começou a ser vendido em abril deste ano e já é sucesso no país.
O ingrediente secreto dos picolés é um tipo de polifenol encontrado em morangos. “O polifenol líquido tem propriedades que dificultam a separação entre água e óleo, então o sorvete que o contém possui a capacidade de reter a forma original do creme por mais tempo que de costume e o torna mais difícil de derreter”, contou Tomihisa Ota, desenvolvedor do produto, em entrevista ao Quartz.
A descoberta se deu porque o Centro estava em busca de um novo uso para os morangos de Miyagi, que não estavam em formato ideal para serem vendidos — ainda devido aos impactos do terremoto de 2011. Quando o chefe confeiteiro responsável pela pesquisa reclamou que o polifenol da fruta fazia com que tudo se solidificasse, eles perceberam que haviam descoberto algo.
Não se sabe ao certo o quanto o picolé resiste, mas o presidente do Centro, Takeshi Toyoda, afirma que o produto permanece na mesma forma mesmo que exposto a um secador.
Revista Galileu

0 comentários:

Postar um comentário