domingo, 18 de junho de 2017

20% de vagas para negros


O Supremo Tribunal Federal votou pela validade de uma lei de 2014 que obrigou órgãos públicos federais a reservar 20% de suas vagas em concursos públicos para negros. 

O julgamento havia sido suspenso no mês passado, após o voto favorável de 5 dos 11 ministros.

O debate foi retomado, ontem, e os ministros Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio Mello Celso de Mello e Cármen Lúcia se manifestaram pela constitucionalidade da cota. Em maio, já haviam votado a favor os ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luiz Fux e Rosa Weber.

0 comentários:

Postar um comentário