quarta-feira, 11 de maio de 2016

Acidentes com medicamentos e animais peçonhentos lideram intoxicações no RN lideram intoxicações no RN

O Centro de Assistência Toxicológica (CEATOX/RN) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgou nesta terça-feira (10) relatório sobre o atendimento a pessoas vítimas de intoxicação no Rio Grande do Norte, desde janeiro até a primeira quinzena de abril deste ano. Ao todo, 240 pessoas foram atendidas em unidades de saúde, no período, vítimas de acidentes provocados por alguma espécie de componente toxicológico.
Segundo o relatório, o maior número de registro foi provocado pela ingestão de medicamentos, com 75 casos, seguidos de 42 acidentes com animais peçonhentos/venenosos e agrotóxicos com 24 casos. Outros registros foram com animais não peçonhentos 17 casos, produtos domissanitários (15) – que são substâncias destinadas à higienização como desinfetantes, polidores de sapatos, removedores, sabões e amaciantes – e também por produtos químicos (15). Houve registros ainda de intoxicações provocadas por produtos de higiene pessoal (5), inseticida de uso doméstico 4, raticidas 4, plantas e fungos 2, além de 24 outros casos com origem não identificada.
Com relação às circunstâncias dos registros de intoxicação, a grande maioria ocorreu por acidente, 115 casos. Outros registros foram tentativa de suicídio 34, erro na dose de medicação 4, uso terapêutico 3, além de outros.
O Centro de Assistência Toxicológica/RN (CEATOX) é um órgão da Secretaria Estadual de Saúde que serve de referência na área de toxicologia clínica. Ele funciona na sede desta instituição, no segundo andar do prédio. As pessoas podem entrar em contato com o Ceatox por telefone para casos de intoxicação ou suspeita de envenenamento no campo da toxicologia.
O centro mantém um serviço de plantão 24 h, prestando informações específicas em caráter de urgência a profissionais de saúde em geral. Um outro trabalho desenvolvido pelo Ceatox, é o de caráter educativo e preventivo junto à população, diretamente ou através de ligação pelo telefone: (84)3232.7969 ou no 0800 281 7005.

FONTE: Sesap

0 comentários:

Postar um comentário