quarta-feira, 16 de março de 2016

TJRN nomeia 40 juízes substitutos para zerar déficit em comarcas



Quarenta novos juízes substitutos foram nomeados nesta terça-feira (15) pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. De acordo com o presidente do TJ no estado, o desembargador Claudio Santos, a nomeação era necessária para zerar o déficit de juízes nas comarcas do interior do estado. Até a nomeação, 30 comarcas do RN não tinham juízes titulares. 
Além de zerar o déficit, ainda de acordo com Santos, a medida vai gerar uma economia de anual de R$ 500 mil.  Segundo o presidente do TJ, o montante economizado corresponde ao valor que vinha sendo utilizado para o pagamento de diárias a magistrados para que se deslocassem às comarcas vagas no interior. “A nomeação está dentro do nosso orçamento. O TJRN não irá aumentar sua parcela junto ao Tesouro Estadual”, apontou.
“Essa era uma necessidade que vinha se arrastando há anos. Teremos uma melhoria sensível no número de processos julgados. Um juiz vinha acumulando até 13 comarcas no Alto Oeste, situação na qual as cidades ficavam praticamente sem Justiça pública. Ficamos extremamente felizes em efetivar esses juízes, num momento difícil para o erário público”, relatou o presidente do TJRN.
Segundo o Tribunal, os novos juízes foram aprovados em processo seletivo realizado em 2012 e deverão tomar posse em abril, passando em seguida por um curso de formação com duração de quatro meses.
Política em Pauta

0 comentários:

Postar um comentário