quarta-feira, 2 de março de 2016

PARANÁ-RN: TJRN MANTÉM INELEGIBILIDADE DE DR KERGINALDO


O Dr. Kerginaldo Jácome, em uma das entrevistas concedida à Rádio de Uirauna-PB, com audiência gigantesca em Marcelino Vieira, arrotou que na campanha para prefeito de 2016, no Paraná ele ia derrotar Oriana Rodrigues e em Marcelino Viera seu Irmão Babau ia derrotar Verônica Rodrigues. Ou seja, na imaginação do Dr., seriam  disputas acirradas entre 2 duas primas contra dois irmãos. 

Sobre a política de Marcelino Vieira, em nenhum momento a vereadora Verônica Rodrigues assumiu ser candidata a prefeita, apenas afirmou que não pretende renovar seu mandato. Durante este primeiro semestre de 2016 a referida vereadora está focada em seu curso de medicina e na vereança.

Sobre a política no Paraná, Dr Kerginaldo teve uma notícia desagradável hoje. Este Blog já publicou que o juiz José Herval Sampaio Junior da comarca de Marcelino Vieira, em 07 de fevereiro de 2014  proferiu sentença que cassou os direitos políticos de Dr. Kerginaldo Jácome da Costa e outros, e tornou-o inelegível por 3 anos. Isto significa dizer que em 2016, o primeiro-damo de Tenente Ananias, que já transferiu o título para o município do Paraná, não poderá concorrer as eleições contra supostamente a prefeita Oriana Rodrigues.



Pois bem, insatisfeito com a decisão do Juiz de Marcelino Vieira, os novos advogados Dr Felipe Cortez e outros, ajuizaram uma Ação Rescisória com pedido de liminar no TJRN.
Dr Kerginaldo não teve êxito em seu Recurso, pois o relator Dr Gilson Barbosa proferiu  hoje(02.03.16) a decisão  INDEFERINDO A TUTELA ANTECIPADA.

O Dr tentou através de um remédio jurídico(Ação Rescisória), rescindir(desfazer, anular) os efeitos da sentença do Juiz de Marcelino Vieira, e não conseguiu. Sentença contra Kerginaldo e outros já está transitada em julgado, ou seja, da qual já não cabe mais qualquer recurso, por que o outro advogado(aquele que também perdeu os direitos políticos) não recorreu em tempo hábil.

Os correligionários da prefeita Oriana Rodrigues juntamente com  oposição de Tenente Ananias em suas respectivas municipalidades, comemoraram a derrota de Keke no Tribunal de Justiça do RN.

A decisão do TJRN, poderá ser seguida(mantendo a derrota do Dr.) em um possível recurso em Brasília(STJ), pois nesta disse o relator: não há verossiminhança(nexo, armonia, ligação) na alegação...
Veja a foto da decisão de hoje, que não foi publicado ainda no Diário Oficial do Estado, porém qualquer advogado tem acesso.


 




0 comentários:

Postar um comentário