sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

RN supera média nacional em número de cidades comandadas por mulheres.


A conquista do voto feminino, comemorada neste dia 24 de fevereiro, é uma página da história política do país com um capítulo importante contado no Rio Grande do Norte com o registro da mossoroense Celina Guimarães como eleitora em 1927. 
De acordo com informações publicadas no site Portal No Ar, mesmo com o pioneirismo, a representatividade das mulheres potiguares na política ainda ser aquém do que se espera, mas, ainda assim, está acima da média nacional quando se fala no Executivo Municipal.

No Brasil, apenas 11,8% das prefeituras foram vencidas por mulheres em 2012. No RN, esse número foi de 19,7%. Em cidades potiguares, foram eleitas no último pleito 33 prefeitas, enquanto os homens conquistaram 134 prefeituras, o que representa um número quatro vezes maior.

Nas Câmaras, a proporção de quatro para uma se mantém. Foram eleitos 1.286 vereadores e 332 vereadoras. Para 2016, o desafio das mulheres é aumentar a representação nas Câmaras Municipais e Prefeituras do Estado.

Quanto aos cargos em nível federal e estadual, o Rio Grande do Norte teve uma redução na representatividade das mulheres em cargos eletivos após as eleições de 2014. A bancada feminina perdeu uma cadeira na Assembleia Legislativa e uma na Câmara Federal. Conquistou uma vaga no Senado, mas perdeu a governança do Estado

0 comentários:

Postar um comentário