sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Kombi reaparece em versão moderna, mas sem perder o estilo clássico



VW Kombi frente 9
VW Kombi frente 3
Se a Kombi estivesse em produção nos dias de hoje, como seria o seu visual? Pela imaginação do designer húngaro David Obendorfer ela manteria o estilo inconfundível, trazido desde o Volkswagen Transport T1, como era chamada a primeira geração da Kombi na Europa, adicionando um ar retrô às linhas modernas do projeto.

Na verdade, ele presta uma homenagem ao holandês Ben Pon, idealizador da primeira Kombi, fazendo referências claras à Velha Senhora, como nos faróis circulares, cantos arredondados, detalhes cromados e carroceria bicolor.

Por dentro, o clássico painel ganha um toque contemporâneo com instrumentos digitais, central multimídia com tela sensível ao toque– posicionada acima dos comandos do ar-condicionado de duas zonas –, freio de estacionamento eletrônico e câmbio automático. Há também um teto solar em vidro duplo.

Segundo Obendorfer, o conceito traz uma distância entre-eixos estendida em 7 centímetros em relação à primeira Kombi.


0 comentários:

Postar um comentário