quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Wesley Safadão tem o nome metido em polêmica


Tem um assunto desagradável para Wesley Safadão que está pipocando em Fortaleza (CE).
Um dos músicos dele, o sanfoneiro Neném, teria sido demitido por supostamente deixar escapar que recebia um salário considerado baixo (R$ 3.000 por mês), sendo que Safadão chega a ganhar até R$ 1 milhão de cachê por show (isso mesmo que você leu: por show)… Isso pegou muito mal para o cantor.
Esses profissionais que acompanham o cabeludo Sansão, viajam o mês todo, ficam dias longe da família, amigos etc. Não deveriam ganhar mais???
Depois desse bafafá todo, Neném veio a público confirmar que realmente foi demitido, mas que foi ele mesmo que pediu… Será?
Veja o que o sanfoneiro escreveu em sua rede social:
wesley-safadào-musico
O blog procurou o assessor de imprensa de Wesley Safadão, Raphael Acioli, para falar do assunto. Super acessível e educado, ao contrário de outros por aí que gritam e fazem barracos, o assessor deu a versão do cantor:
“O Neném foi remanejado para outra banda que faz parte do escritório do Wesley. O próprio Neném optou por isso, pois com Wesley estava viajando demais por causa da agenda de shows e estava cansado. E ele não ganhava só R$ 3.000, não”.
Mas as histórias não estão batendo…
Neném foi demitido, como ele mesmo disse, ou remanejado, segundo o assessor?
Desse jeito a gente fica confuso…
Fabíola Reipert, R7

0 comentários:

Postar um comentário