sábado, 30 de janeiro de 2016

Ezequiel no comando do PSB estadual e Rafael Motta candidato a prefeito foi o plano B apresentado ao presidente nacional do partid

Resultado de imagem para PSB

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, que veio a Natal comunicar à ex-governadora Wilma de Faria que ela não será mais presidente da legenda no Rio Grande do Norte, e que o comando do partido será entregue ao deputado federal Rafael Motta, foi bombardeado por pessebistas.
Assim que saiu do apartamento de Wilma, Siqueira se reuniu no flat Golden Tulip, vizinho ao prédio de Wilma, com o deputado Tomba Farias e os ex-deputados Sandra Rosado, Larissa Rosado e Tomba Farias.
Plano B dos pessebistas para Siqueira: Rafael Motta na presidência do diretório municipal, Wilma na presidência de honra e o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, que vai deixar o PMDB, na presidência do diretório estadual do PSB.
Com o time formado, Rafael Motta seria candidato a prefeito de Natal.
Além do plano B, os pessebistas apresentaram os problemas em colégios eleitorais no interior caso p partido seja entregue a Rafael, sob os cuidados do deputado Ricardo Motta.
Mas Carlos Siqueira tá pouco se lixando para problemas políticos no interior do Rio Grande do Norte.
Se mostrou preocupado sim, diante da debandada anunciada do partido.
Depois da reunião no hotel, Siqueira deu entrevista na TV Ponta Negra e em seguida foi almoçar no Abade.
Formou mesa com Tomba, Sandra, Larissa e Cláudio.
Amanhã cedo Siqueira, que quer definir o desenho do PSB potiguar na segunda-feira, ainda terá encontro com pessebistas, e ainda vai ao apartamento de Wilma.
Detalhe: fora do comando do PSB, Wilma sai do partido.
Pode até ficar, caso o presidente seja o indicado para o plano B: Ezequiel.
Mas Ezequiel não é nome aceito pelo deputado Ricardo Motta.
Thaisa Galvão

0 comentários:

Postar um comentário