terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Em medicina, nota de corte mais alta do Sisu é de federal da Bahia; UFRN, campus Caicó, também nas mais elevadas

Resultado de imagem para MEDICINA

Entre os 83 cursos de medicina disponíveis no Sisu (Sistema de Seleção Unificada), a nota de corte mais elevada da graduação foi registrada, nesta terça-feira (11), na UFOB (Universidade Federal do Oeste da Bahia), no campus de Barreiras (BA).
Para acessar uma das vagas da ampla concorrência na federal baiana, a nota mínima exigida no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2015 é de 888,35. Até o fim das inscrições, na próxima quinta-feira (14), a pontuação para ingresso será atualizada diariamente.
Neste ano, o Sisu oferta 4.497 vagas em medicina, um crescimento de quase 20% em comparação à primeira edição de 2015. Ao todo, o sistema oferece 228.071 vagas. Além da UFOB, aparecem com notas mais elevadas os cursos de medicina das federais do Rio Grande do Norte, no campus de Caicó (881,4), do Pará (868,38) e de Brasília (834,06).
Os candidatos deverão se inscrever exclusivamente pela internet, no site do Sisu (http://sisu.mec.gov.br/), até as 23h59 (horário de Brasília). É preciso ter em mãos o número de inscrição e senha usados no Enem. Os resultados serão divulgados na próxima segunda (18).
USP
Pela primeira vez, a USP utiliza o Enem para a seleção de seus calouros -a maior parte deles, estudantes do ensino médio público. Ao todo, 13,4% dos novos alunos serão selecionados pelo Sisu neste início de ano.
Essa proporção inclui os alunos de escola pública (10,5%) e os demais inscritos no Sisu (2,9%). Para a ampla concorrência, a nota de corte mais elevada registrada nesta terça foi para o curso de ABI (Área Básica de Ingresso) de Física, em São Carlos, cuja pontuação mínima exigida é de 787,64.
Folha Press

0 comentários:

Postar um comentário