domingo, 22 de janeiro de 2012

Um chá contra a osteoporose

          Em Mendonza, Argentina, terra do vinho e do chimarrão, médicos concluíram que o chá-mate consumido diariamente na região melhora a densidade mineral óssea das pessoas, resultando em possível ajuda na prevenção da osteoporose.

          Nessa doença, portadores de baixa massa óssea estão em risco de fraturas espontâneas ou também depois de leves tropeços.

         Os médicos Andrea Conforti, Maria Gallo e Fernando Saravi relatam, na edição da revista "Bone" deste mês, que o consumo de erva-mate está associado à presença de alta densidade mineral óssea em mulheres na fase de pós-menopausa.

         A pesquisa foi realizada dentro do programa para a prevenção e o tratamento da osteoporose da cidade de Mendoza.

         A erva-mate Ilex paraguariensis diluída em água quente, na tradicional cuia do chimarrão, contém xantinas (alcaloides também presentes no café e no cacau) na concentração de 330 miligramas por litro. Esse chá é sorvido da cuia por um canudo de prata denominado "bomba".
       Os autores compararam 146 mulheres em fase de pós-menopausa que consumiam no mínimo um litro de chá-mate diariamente, por mais de quatro anos, com um grupo controle com o mesmo número de mulheres.
      As senhoras que estavam em tratamento para osteoporose, em uso de corticosteroides, que eram consumidoras de bebidas alcoólicas ou fumantes não participaram da pesquisa.
Fonte:RBN

0 comentários:

Postar um comentário